Sábado, 05 de Julho de 2008

Afinal o que é que tem sentido nesta vida?
Ter alimento e habitação;
Um cobertor numa cama fofa;
Ficar, até tarde, a ver os astros
Ou então, andar de rastos dia-a-dia
Por caminhos escolhidos por outros.

Para alguns o dinheiro é felicidade,
Vivem de Janeiro a Janeiro
Com o pé no acelerador.
Eu, sinceramente, preferia
Uma vida de poesia
Na companhia de um amor verdadeiro.

Há quem queira ser famoso,
Sair nas revistas e usar fatos,
Ter, no banco, a própria vida.
Eu acredito, apenas, na liberdade,
Em viver eternamente na saudade
De viver um amor verdadeiro.


Publicado por Sandro M. Gomes às 17:23
amei!!
vi a imagem no google pk escrevi um texto sobre o sentido da nossa vida, e tropecei no texto (ao tentar roubar a imagem..lol)
gostei muito
bj
★ Aralis ★ a 4 de Fevereiro de 2009 às 13:58

Uma aventura nada arriscada pelo mundo da poesia. Entra e instala-te, deixa que em ti flua, de modo sensato, o espírito e a inspiração poética.
mais sobre mim
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
14
15

20
21
23
25
26

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO