Terça-feira, 25 de Março de 2008

É esse sorriso que quero ver diariamente,
Quero esgotá-lo, para meu prazer,
E, brindar-te dia-a-dia
Com novas de amor eterno.

Jurar-te e prometer-te o infinito,
Alcançar, para ti, lugares desconhecidos
Onde nos possamos amar infinitamente
Sem nunca nos sentirmos perdidos.

Anda vem comigo, depressa,
O dia urge e o calor aperta,
Não deixes morrer cedo
Esta alegria que agora desperta.

Chegamos, talvez cedo de mais,
Não to posso dizer,
Pois não o sabendo, um só coisa sei,
Amar-te, sempre o farei.


Publicado por Sandro M. Gomes às 20:46
Uma aventura nada arriscada pelo mundo da poesia. Entra e instala-te, deixa que em ti flua, de modo sensato, o espírito e a inspiração poética.
mais sobre mim
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO