Segunda-feira, 05 de Maio de 2008

O tempo escasseia e vai acabar por passar,
E a vida, inequivocamente, vai esmorecendo,
Mas no meio de tudo isto, algo teima em existir
Que forte e destemidamente a tudo resiste,
E jamais se esquece.
Permanece muito para além do tempo,
Até para além da própria vida.
Perpetua-se para a eternidade…
O que, irremediavelmente, sinto por ti.


Publicado por Sandro M. Gomes às 22:06
Uma aventura nada arriscada pelo mundo da poesia. Entra e instala-te, deixa que em ti flua, de modo sensato, o espírito e a inspiração poética.
mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
14

23



pesquisar neste blog
 
blogs SAPO