Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007
Chegou a Primavera,
As flores vibram de euforia
No exterior, sob um sol ainda muito tímido,
E eu ainda privado de ti.

Chegou o Verão,
Os guarda-sóis abrem-se,
Abrigam as pessoas do sol tórrido que se faz sentir,
E eu permaneço privado de ti.

Chegou o Outono,
O vento espalha nas ruas,
As folhas que até então estavam quietas nas árvores,
Eu continuo privado de ti.

Chegou o Inverno,
O frio vem atormentar as pessoas,
Que se refugiam no interior das habitações, com quem amam,
E eu aqui, privado de ti.


Publicado por Sandro M. Gomes às 16:18
Uma aventura nada arriscada pelo mundo da poesia. Entra e instala-te, deixa que em ti flua, de modo sensato, o espírito e a inspiração poética.
mais sobre mim
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21

23
24
25
26
27
28
29

31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO