Terça-feira, 11 de Março de 2008

O amor brota dum olhar.
Dos olhos passa para o coração,
Que vislumbra muito mais.
Quando nos apercebemos, a paixão virou amor:
Uma confusão de símbolos, ímpetos e palavras.
Às vezes deixamos até de ver:
É quando dizem que o amor é cego.
Mais que isso:
Que o amor é fundamental.


Publicado por Sandro M. Gomes às 11:11

O amor brota dum olhar.
Dos olhos passa para o coração,
Que vislumbra muito mais.
Quando nos apercebemos, a paixão virou amor:
Uma confusão de símbolos, ímpetos e palavras.
Às vezes deixamos até de ver:
É quando dizem que o amor é cego.
Mais que isso:
Que o amor é fundamental.


Publicado por Sandro M. Gomes às 11:11

O amor brota dum olhar.
Dos olhos passa para o coração,
Que vislumbra muito mais.
Quando nos apercebemos, a paixão virou amor:
Uma confusão de símbolos, ímpetos e palavras.
Às vezes deixamos até de ver:
É quando dizem que o amor é cego.
Mais que isso:
Que o amor é fundamental.


Publicado por Sandro M. Gomes às 11:11

O amor brota dum olhar.
Dos olhos passa para o coração,
Que vislumbra muito mais.
Quando nos apercebemos, a paixão virou amor:
Uma confusão de símbolos, ímpetos e palavras.
Às vezes deixamos até de ver:
É quando dizem que o amor é cego.
Mais que isso:
Que o amor é fundamental.


Publicado por Sandro M. Gomes às 11:11

O amor brota dum olhar.
Dos olhos passa para o coração,
Que vislumbra muito mais.
Quando nos apercebemos, a paixão virou amor:
Uma confusão de símbolos, ímpetos e palavras.
Às vezes deixamos até de ver:
É quando dizem que o amor é cego.
Mais que isso:
Que o amor é fundamental.


Publicado por Sandro M. Gomes às 11:11

O amor brota dum olhar.
Dos olhos passa para o coração,
Que vislumbra muito mais.
Quando nos apercebemos, a paixão virou amor:
Uma confusão de símbolos, ímpetos e palavras.
Às vezes deixamos até de ver:
É quando dizem que o amor é cego.
Mais que isso:
Que o amor é fundamental.


Publicado por Sandro M. Gomes às 11:11
Uma aventura nada arriscada pelo mundo da poesia. Entra e instala-te, deixa que em ti flua, de modo sensato, o espírito e a inspiração poética.
mais sobre mim
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO