Quinta-feira, 06 de Agosto de 2009

Onde o sol se apaga e as ondas nascem,

Está uma sereia que me inspira!

Para ela envio o sol, o meu amor…

Na volta cada onda traz um beijo, e uma mensagem de dor!


A distância atiça o querer…

Quero presenciar a tua beleza natural…

És um ser divinal!

E tens no canto o teu maior encanto…


Sabes uma coisa:

A vida é um sopro que o diabo se encarrega de dar!

Enquanto nós, montados nas asas do sonho,

Perdemos o tempo com futilidades!


Foto: A pequena sereia de Luisa Pintado



Publicado por Sandro M. Gomes às 22:16
Nike, tenho k admitir, essa parte e' aquela que mais sobressai... fico muito contente por ser o seu autor! Obrigado ! Beijos
Sandro M. Gomes a 13 de Agosto de 2009 às 13:28

Uma aventura nada arriscada pelo mundo da poesia. Entra e instala-te, deixa que em ti flua, de modo sensato, o espírito e a inspiração poética.
mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
29

30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO