Quarta-feira, 26 de Março de 2008

Esses teus lábios doces
Que adocicam o mais doce fruto
São para mim um vício autêntico,
Pois não deixo de sentir o seu sabor.

A cor encarnada do fogo vivo
Nada é nada em comparação com os teus lábios,
O seu brilho é também exuberante,
Brilham ao sol como ouro ou diamante.

Todas as palavras consagradas são vãs
Para elogiar esses teus lábios
Que me fazem enlouquecer,
Na ânsia de vencer, de beijar.

Ou até mesmo de lembrar,
Essa cor, esse brilho, esse sabor,
Não consigo tirar do meu pensamento
E como não posso deixar de pensar nunca poderei esquecer.


Publicado por Sandro M. Gomes às 22:59
Uma aventura nada arriscada pelo mundo da poesia. Entra e instala-te, deixa que em ti flua, de modo sensato, o espírito e a inspiração poética.
mais sobre mim
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
12
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
27
28
29

30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO