Sexta-feira, 04 de Julho de 2008

Escolher?
Quem me dera nunca o ter de fazer…
Ter de agarrar uma estrela
Quando todas desejo ter.

Egoísta, ambicioso…?
Sim, talvez um pouco…
Esta minha mania de querer tudo,
Até mesmo o impossível…

Chamem-me louco…
Mas façam-no depois de reflectir
Sobre a vossa própria loucura…
Quantos de vocês desejam o impossível…

E, digam-me, que mal tem?
Não vejo qualquer loucura
Em querer o melhor…
Fazer melhor, ser melhor…

Agora lembrem-se de uma coisa simples:
O impossível não existe…
Com duas letras de esforço, de vontade,
Fazemos do impossível, possível…

Impossível é atingir metas, objectivos…
Sem qualquer sangue derramado.
É sentar-se em terreno favorável
E esperar os prémios de uma vida que não foi vivida…


Publicado por Sandro M. Gomes às 15:34
Uma aventura nada arriscada pelo mundo da poesia. Entra e instala-te, deixa que em ti flua, de modo sensato, o espírito e a inspiração poética.
mais sobre mim
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9

13
14
15

20
21
23
25
26

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO